Vitória da superação – Deportivo 1 x 0 All Blacks Por 12 Setembro 2011 as 11h31min Nenhum comentário

Sábado de sol, e lá estava o Deportivo mobilizado para o confronto contra o time do All Blacks, onde ambos protagonizaram um jogo muito nervoso.

O DPA vinha de derrota para o time do Azenha, na largada da segunda fase da 14º Copa Farroupilha, e nova derrota mataria qualquer chance de classificação, enquanto o All Blacks vinha motivado pela vitória sobre o Mônaco.

O jogo começou bastante estudado, com as duas equipes chegando no ataque, o DPA em ligações diretas do meio ao ataque e o time negro aberto tentando jogadas pelos flancos.

Logo no início o DPA teve boa chance, com Dipa levando a melhor sobre a defesa adversária, deixando o goleiro para trás, mas concluiu buscando o ângulo e a bola subiu, saindo pela linha de fundo.

Minutos depois, foi a vez do All Blacks chegar próximo ao gol do DPA, após escanteio, onde o atacante levou a melhor e cabeceou com perigo a direita do gol defendido por Isma.

O DPA voltou a ter boas chances após jogada de escanteio, onde o avante Marco cabeceou bem e quase abriu o marcador, mas a bola saiu a direita do gol. Minutos depois, em falta quase na linha de fundo, novo cruzamento, a bola atravessou a área, sobrando para Ramirão, que concluiu cruzado quase sem ângulo mas a bola caprichosamente saiu pelo lado esquerdo.

Após pressão do DPA, foi à vez do All Blacks chegar com perigo, porém, a defesa do Deportivo fez uma das melhores partidas no ano, não dando espaços para os atacantes adversários, tanto que as melhores chances do All Blacks vieram de fora da área nos 15 minutos finais da primeira etapa, mas não deixaram de dar sustos. Na chance mais perigosa e curiosa, o meia do All Blacks após boa jogada pela direita, acertou um belo chute cruzado com a bola colidiu com o travessão, subiu e ficou em disputa na meia lua da área, onde foi marcada falta do volante Negão na disputa de bola. Na cobrança em dois toques, a bola novamente acertou o travessão saindo em tiro de meta.

Minutos mais tarde, nova jogada do All Blacks e nova bola no travessão, encerrando o primeiro tempo na seqüência.

Primeira etapa encerrada com o placar de 0×0!

Após discurso no intervalo, a equipe do DPA se lançou ao ataque, tentando fazer a mesma pressão que havia feito na primeira etapa. E dessa vez o gol saiu, após jogada de André Bolina pela esquerda, o cruzamento na área achou Ramirão que dividiu com a zaga adversária, empurrando a bola para o fundo das redes. Era o 1×0 para o DPA.

O gol não mudou o panorama da partida, o DPA continuou tentando manter o controle no meio campo com o All Blacks apelando para os lançamentos abertos pelas pontas, jogando no contra ataque. O que mudou foi o comportamento dos jogadores durante a partida. Após sofrer entrada desleal na altura do joelho, o atleta Marco foi tirar satisfações e após confusão ambos foram expulsos, ficando 10 para cada lado.

O DPA ainda teve a chance de ampliar o placar, após boa jogada de André pela esquerda que encontrou livre Dipa dentro da área, que dominou mas foi travado na hora do chute pela zaga do All Blacks.

O All Blacks, tentou esboçar uma reação, mas parou na boa e bem postada defesa do DPA, que afastava qualquer perigo cortando antes que a bola chegasse a área do DPA… Minutos depois a situação ficou pior com a expulsão do volante Negão que recebeu o segundo amarelo após reclamação. Faltando 15 min para o término da partida, mais os descontos os jogadores do DPA suaram dobrado e compensaram com raça e determinação a superioridade numérica do adversário.

Porém novamente a melhor chance de gol foi do DPA. Sendo pressionado nos minutos finais e com um jogador a menos em campo, o DPA puxou um contra-ataque muito veloz pela ponta-esquerda, e após cruzamento de Diego, Tiagão dominou livre, e concluiu bem com a bola raspando a trave.

Uma vitória expressiva, que deixa o grupo motivado para a partida decisiva contra o Mônaco

O DPA foi a campo com Isma, Coalhada, Ramirão, Alemão Lucas e Anderson, Negão, Juliano, André Bolina e Dipa, Smeagol e Marco.

Ainda jogaram no segundo tempo Tiagão, Cachaça, Diego.

 

Envie um comentário