Deportivo 0 x 2 Azenha Por 08 Setembro 2011 as 13h57min Nenhum comentário

No Feriado de ontem 7 de Setembro, começou a segunda fase da 14º Copa Farroupilha.

O DPA entrou em campo, tentando manter a boa fase e encarou o Azenha. Na primeira fase, o DPA só perdeu para Azenha e Mônaco. Mas não apresentou futebol, em uma tarde fria e com muito vento o DPA perdeu por 2×0.

O jogo foi muito encardido, bastante truncado no meio, muitas faltas e cartões para ambas as equipes.

Logo no início da partida, ambas as equipes estiveram bem, movimentando muito… porém quem foi mais efetivo foi o Azenha, tendo vários escanteios e faltas próximas a linha de fundo nos minutos iniciais, com o Deportivo jogando apenas nos contra-ataques.

Aos 20 min do primeiro tempo, em uma roubada de bola com a defesa saindo, a equipe adversária avançou pela lateral de campo, chegando a linha de fundo, passando para trás encontrando livre o atacante adversário que da entrada da área finalizou com força no canto, o goleiro fez a defesa, a bola ainda bateu na trave e sobrou na pequena área onde livre o atacante do Azenha concluiu abrindo o placar. Os atletas do DPA reclamaram de que o atacante estaria em posição irregular.

Minutos depois abatido pelo gol, em falta da entrada da área, a bola bateu na barreira e subiu muito perdeu força, e com vento contra traiu o goleiro que alcançou a bola, porém, o bandeirinha validou o gol ampliando o placar que já desfavorável para 2×0. Houve muita reclamação por parte do Deportivo, e um princípio de confusão contra a arbitragem pela marcação do gol.

A partir dai a partida ficou nervosa, mas com nada acontecendo até o fim da primeira etapa.

No segundo tempo, o Deportivo começou melhor, pressionou, teve posse de bola, obrigando a defesa adversária a trabalhar bastante, inclusive com a zaga afastando a bola em cima da linha para manter o placar. O DPA ainda teve boas chances de diminuir o marcador com Ramirão cabeceando a queima roupa. Novamente a arbitragem foi questionada, pois a bola parece ter sido tirada de dentro do gol pelo goleiro do Azenha.

Outras oportunidades foram criadas, mas não foram convertidas em gol e a partida ficou nisso.

Foi cobrado mais empenho dos jogadores para as partidas seguintes, onde só a vitória interessa nos jogos contra All Blacks e Mônaco respectivamente.

O time que foi a campo: Ismael, André Cachaça, Ramirão, Lucas Alemão e Vini, Negão, Juliano, Coalhada e Alemão do Embjambra, André Bolina e Marco.

Ainda entraram na segunda etapa, Tiagão, Lucas e Suri.

Envie um comentário